RINOPLASTIA

O QUE É RINOPLASTIA?
Rinoplastia é a denominação que resume a uma gama de manobras e passos cirúrgicos complexos que permitem remodelar o seu nariz. A Rinoplastia Primária é aquela cirurgia dos casos que nunca foram operados ou para os pacientes que nunca sofreram nenhum trauma anterior que tenha modificado o aspecto estético e a função normal da respiração.

A Rinoplastia Secundária é aquela que se segue após uma cirurgia prévia onde o resultado obtido não tenha atingido o rendimento esperado em termos estéticos e ou funcionais. Pode ser também chamada de Rinoplastia Revisional. A Moderna cirurgia estética do Nariz segue os conceitos da Rinoplastia Funcional Estruturada que busca alcançar resultados estáveis com a melhora dos padrões estéticos e da aparência natural, que não comprometam a respiração nasal.

O QUE É POSSÍVEL SER FEITO DURANTE A RINOPLASTIA?
Podem tratar desvios, alongar ou encurtar, rebaixar, aumentar a altura do dorso nasal e corrigir depressões ou abaulamentos. Pode-se promover modificações do tamanho e formato da ponta nasal refinando os contornos, bem como, pode-se melhorar a angulação da ponta nasal em relação ao lábio superior. A Moderna Rinoplastia visa um refinamento do seu perfil levando em conta a unidade estética facial, acrescentando estrutura quando insuficiente e remanejando os excessos.

POSSO SER CANDIDATO À RINOPLASTIA?
Se você goza de boa saúde, tem idade superior a 17 anos, você pode ser candidato a uma RINOPLASTIA. A RINOPLASTIA pode alterar o seu perfil nasal, mudar o ângulo entre o nariz e o lábio, e remodelar a sua ponta nasal. A cirurgia pode melhorar a harmonia do nariz e das demais estruturas faciais. Algumas vezes, podem haver queixas respiratórias associadas às motivações estéticas. Por favor, questione o seu cirurgião a respeito e informe seus sintomas respiratórios que poderão ser corrigidos ou minimizados durante a sua cirurgia.

Caso apresente uma ou mais das condições listadas abaixo, você poderá ser um bom candidato à RINOPLASTIA:
- Você tem um dorso nasal proeminente (alto) ou excessivamente baixo?
- A base do seu nariz é demasiadamente ampla?
- Seu nariz é muito pequeno ou muito avantajado para sua estrutura de rosto?
- A ponta do seu nariz é caída ou demasiadamente arrebitada?
- A ponta do seu nariz é mal definida ou apresenta aspecto bulboso?
- Suas narinas são amplas ou muito alargadas?
- Seu nariz é desviado?
- Algum traumatismo alterou a forma do seu nariz ou a sua respiração?


VOCÊ É UM BOM CANDIDATO À RINOPLASTIA?
Se você consegue verbalizar e expor de maneira clara o que incomoda no seu perfil nasal ou na sua respiração, demonstra boa capacidade de entendimento de que a Rinoplastia tem limitações técnicas e é uma cirurgia peculiar às suas características faciais, como raça, idade e sexo, você pode ser considerado um bom candidato(a) à Rinoplastia. Pacientes que apresentam um perfil obsessivo com relação a determinados tipos de perfil ou formato nasal, estão focados a inúmeras pequenas imperfeições, buscam um nariz perfeito, esperam que após a Rinoplastia estarão mais aptos ao sucesso nas suas relações pessoais ou profissionais, DEFINITIVAMENTE NÃO SÃO BONS CANDIDATOS A RINOPLASTIA. Se você é capaz de entender que o plano cirúrgico traçado pelo especialista é aquele que melhor se ajusta as suas queixas e características buscando o melhor resultado para você, nós consideramos que você tem expectativas realísticas, portanto, se encaixa no perfil de uma parceria médico-paciente com alta probabilidade de sucesso.
Marque já sua consulta.

SUA CONSULTA INICIAL
É muito importante que você exponha todas as suas impressões e queixas ao seu Cirurgião, ao mesmo tempo que entenda todas as possibilidades, riscos e limitações do procedimento cirúrgico. Isso será minuciosamente explorado através de uma anamnese criteriosa onde serão questionadas suas queixas, expectativas, histórico de doenças e uso de medicamentos. A primeira entrevista ajuda a delimitar as suas reais expectativas estéticas, identifica fatores de risco que possam interagir com a cirurgia, tais como o uso de medicações que alterem a coagulação sanguínea ou alterem o comportamento dos anestésicos durante a cirurgia, como antidepressivos, ansiolíticos, antialérgicos, incluindo sprays nasais, anti inflamatórios entre outras patologias como hipertensão arterial, diabetes, doenças da tireóide, doenças pulmonares, cardíacas ou distúrbios sanguíneos. Você será examinado a fim de verificar alterações morfológicas superficiais e profundas da estrutura nasal. Serão solicitados exames para avaliar os sistemas orgânicos envolvidos com a cirurgia e a anestesia, bem como uma Tomografia Computadorizada dos seios da face para avaliar possíveis distorções da anatomia nasal interna.


Você será encaminhado (a) para fotografias pré-operatórias que irão fazer parte do arsenal investigativo e estudo de caso do seu prontuário médico. Questione exaustivamente tudo que for do seu interesse com relação à cirurgia, é muito provável que surjam dúvidas mesmo após a primeira consulta. Caso isso ocorra, anote-as e volte a pedir orientações nas consultas subsequentes.

PREPARO PARA SUA CIRURGIA
Uma vez seus exames analisados, risco cirúrgico avaliado, suas fotos pré –operatórias já em seu prontuário, a data da sua cirurgia poderá ser marcada. Serão marcadas pelo menos duas consultas prévias a cirurgia, uma com duas semanas e outra com uma semana de antecedência para dirimir dúvidas e algumas recomendações adicionais. É recomendável que pacientes fumantes interrompam o uso de cigarros e assemelhados por pelo menos duas semanas antes do procedimento. Aspirina ou medicamentos que contenham AAS, anti-inflamatórios, anti reumáticos, aceleradores de metabolismo como anfetaminas, fórmulas para emagrecimento, Vitamina E, entre outros, devem ter seu uso descontinuado pelo período de duas semanas anteriores a cirurgia. Caso surjam dúvidas ou necessidades do uso desses ou de novos medicamentos antes do procedimento, seu cirurgião deve ser imediatamente notificado. Tais medidas são fundamentais para resguardá-lo (a) de riscos desnecessários. É fundamental que você compareça no dia da sua cirurgia com um acompanhante responsável, lembrando que é fundamental respeitar as orientações quanto ao jejum pré-operatório. Você necessitará de repouso pelo período indicado pelo seu médico. Não é recomendável dirigir antes da retirada do gesso.

QUAL É A MODALIDADE ANESTÉSICA PARA RINOPLASTIA?
Usualmente a RINOPLASTIA é realizada através de anestesia geral, procedimento seguro por haver domínio e estabilização da via aérea (respiração). Uma vez que a cirurgia é realizada no trato respiratório superior, pode haver o risco de aspiração de sangue, secreções e líquidos para o pulmão, condição esta extremamente perigosa pelas complicações decorrentes da bronco aspiração. Através desta modalidade anestésica você é acompanhado(a) por um Médico Especialista durante toda a sua cirurgia, o qual irá monitorizar e regular sua função respiratória, pressão arterial e ritmo cardíaco, a concentração de oxigênio e gás carbônico do seu sangue bem como administrar as medicações necessárias para uma anestesia segura e confortável para você. Atualmente, dispomos de medicações extremamente seguras e com um índice praticamente nulo de efeitos indesejáveis.

O QUE NÓS ESPERAMOS LHE PROPORCIONAR COM A RINOPLASTIA?
Nosso principal objetivo com a Rinoplastia é fazer com que o paciente se sinta feliz e mais confiante após o procedimento, melhorando sua aparência e mantendo uma adequada respiração. Para que isso ocorra, é muito importante haver uma relação transparente e de confiança mútua. Nosso maior desejo é procurar entender ao máximo as suas expectativas e poder passar tudo aquilo que o procedimento pode lhe favorecer ou até mesmo, demonstrar o que não é possível atingir. A isso denominamos exposição de expectativas reais, assim poderemos basear nossas condutas e medidas para lhe atender naquilo que é possível, minimizando os riscos e atuando de maneira precisa nas situações que possam sair da normalidade. Todo nariz é diferente e os bons resultados dependem da aplicação de medidas específicas de modo a atender o que deve ser realizado para o seu caso em particular. A harmonia do nariz com o rosto é muito peculiar a cada indivíduo. Sua participação na fase de recuperação é muito importante.

QUAIS SÃO AS LIMITAÇÕES DO PROCEDIMENTO?
A Rinoplastia é um procedimento cirúrgico dos mais complexos. O Nariz é uma estrutura localizada no centro da face, que deve estar em harmonia com a unidade estética facial, composta de uma porção óssea, um arcabouço cartilaginoso, tecido conectivo, ligamentos, a pele e a mucosa que o reveste. Pela íntima relação dessas estruturas anatômicas a cirurgia reposiciona, modela, redimensiona e conecta as peças como de um "Quebra-Cabeças" em 3 dimensões. As características das estruturas do nariz a ser operado, é que vão influenciar nas medidas e decisões do cirurgião para buscar o resultado esperado. O processo cicatricial exerce extrema influência sobre o resultado final a médio e longo prazo, o que pode alterar a sua aparência ao longo do tempo. Por estas razões que é necessário lançar mão de táticas para adequada estruturação do nariz com uso de enxertos de cartilagem do próprio paciente (Septo nasal, Concha da orelha e Cartilagem da costela), forte o bastante para suportar as forças cicatriciais. Pelas suas características faciais peculiares você não poderá escolher o seu novo nariz em uma revista, filme ou encarte de propaganda! A qualidade, o tipo da sua pele e idade também influenciam nas decisões cirúrgicas.

QUAIS OS RISCOS DE UMA RINOPLASTIA?
Há alguns riscos que são inerentes a quaisquer procedimento cirúrgico como sangramento e infecções. O Sangramento nasal no pós-operatório pode ocorrer, embora raro, e geralmente de fácil tratamento. Na maioria das vezes é evitado com o repouso recomendado nos primeiros dias. Há uma menor chance de ocorrer infecção, o que na verdade é bastante raro. O inchaço e o edema podem permanecer por alguns meses e isso pode manter encoberto algumas irregularidades que se tornam visíveis ou palpáveis com o passar dos meses ou até mesmo anos. Alterações do contorno e assimetrias podem necessitar de ajustes futuros com procedimentos de menor proporção. Algumas alterações de coloração da pele do Nariz ou próximo aos olhos podem ocorrer, isso geralmente se deve à exposição e à radiação solar, direta ou indireta, bem como a monitores de tv, a computadores ou às lâmpadas antes do período recomendado. Como mencionado anteriormente, apesar das manobras da Rinoplastia moderna, a força da contração cicatricial pode comprometer a estrutura nasal levando, caso necessário, a revisões futuras. Isso é mais freqüente naqueles casos mais complexos, com alterações ou deformidades oriundas de cirurgias prévias ou em decorrência de traumas passados. Portanto, a Rinoplastia é um procedimento que exige estreito acompanhamento por um longo período. Siga as orientações e mantenha contato com o especialista. Eventualidades podem ocorrer e certamente é o seu cirurgião quem poderá ajudá-lo.

A RINOPLASTIA E A SUA RESPIRAÇÃO:
A RINOPLASTIA FUNCIONAL ESTRUTURADA obedece e segue conceitos que visam o aprimoramento estético do nariz, prestigiando uma adequada dinâmica respiratória. Os desvios são tratados interna e externamente. O maior objetivo é melhorar a aparência mantendo a função. Para isso, utilizamos Splints (dispositivos intra-nasais de silicone que permitem a passagem do ar) no período da primeira semana, o que mantém o paciente respirando, diferente dos antigos tamponamentos que geravam muitos desconfortos. Entretanto após a remoção desses dispositivos há um inchaço residual que pode permanecer comprometendo, permeabilidade da via respiratória nasal por até 90 dias. Caso isso aconteça, o que é muito freqüente, lançamos medidas de apoio como uso de descongestionantes nasais de aplicação local ou medicamentos de administração oral. Usualmente há queixas respiratórias importantes como fatores motivadores da Rinoplastia Primária, nesses casos, com o rearranjo das estruturas nasais internas, a função respiratória é significativamente melhorada.

DIA DA CIRURGIA
Ao chegar à casa de saúde na hora recomendada, você irá se apresentar ao setor de internação e logo encaminhado(a) a acomodação de sua escolha, o que foi previamente combinado. Você será visitado(a) pelo Cirurgião para as últimas avaliações, momento em que você poderá fazer os últimos questionamentos antes da cirurgia. O Anestesista irá fazer a visita pré-anestésica onde irá lhe medicar com sedativos para que chegue com conforto e segurança ao centro cirúrgico.

SUA CIRURGIA
O seu Cirurgião, após uma criteriosa avaliação e planejamento, irá realizar o procedimento cirúrgico a fim de tratar as eventuais deformidades e/ou alterações estruturais presentes preservando a função Nasal e privilegiando a estética facial.

A abordagem das estruturas nasais será conduzida através da técnica aberta (open), uma pequena incisão na estrutura que divide as narinas, chamada columela, seguida de outras incisões internas. Haverá uma reestruturação das unidades estéticas e funcionais do seu nariz que pode compreender em remoção dos excessos, bem como suprir eventuais insuficiências através de enxertos de cartilagens obtidas do seu próprio nariz (Cartilagem do Septo Nasal) ou cartilagem da concha auricular (Orelhas) ou cartilagem da costela. Todas essas informações serão discutidas e justificadas pelo seu cirurgião previamente à sua cirurgia. Poderá haver a necessidade também de fratura dos ossos próprios do Nariz.

O procedimento cirúrgico dura em torno de 2 – 4 horas entretanto você poderá retornar ao seu quarto em um tempo superior devido ao tempo de recuperação anestésica. Você irá retornar ao seu quarto consciente e capaz de responder a estímulos adequadamente sob a supervisão do Médico Anestesista e do pessoal de enfermagem.


O QUE ACONTECE APÓS SUA RINOPLASTIA?
APÓS SUA CIRURGIA
Um pequeno gesso plástico termomoldável e splints nasais de silicone serão aplicados em seu nariz ao final da cirurgia com a finalidade de conter o inchaço decorrente da manipulação cirúrgica e lhe proporcionar uma recuperação mais confortável possível. Não utilizamos os desconfortáveis e antigos tampões nasais.

Já no quarto, você inicia compressas geladas nos olhos para conter o inchaço do nariz e dos olhos, sob os cuidados de sua enfermeira acompanhante. Poderá experimentar uma leve sensação de tontura, por não mais que alguns minutos, em decorrência da eliminação dos anestésicos pelo seu organismo, receberá então oxigênio suplementar através de máscara por pelo menos 1 hora. Você irá pernoitar na Clínica ou Hospital para um adequado acompanhamento inicial no pós-operatório. Ficará em repouso no leito onde deverá permanecer com a cabeceira elevada e somente sairá para ir ao toalete, caso necessário. Levantar desnecessariamente, fazer esforço ou manter a cabeça abaixada podem levar a sangramentos e aumento do inchaço. A Rinoplastia é procedimento quase indolor, raramente pacientes referem dor, caso isso ocorra você será adequadamente medicado(a) com analgésicos. Na manhã seguinte, você irá receber uma alimentação leve no desjejum, fazer uma higiene corporal e oral e aguardar seu cirurgião para visita e posterior alta hospitalar com orientações. Lembre-se que um responsável deverá lhe acompanhar no momento da alta.

As visitas de revisão estarão agendadas para 48 horas após a alta para avaliação e higiene. Ao final da primeira semana você deverá comparecer ao consultório para remoção do gesso plástico, splints e pontos externos. A partir de então serão programadas revisões semanais para limpeza intra nasal e acompanhamento até completar 30 dias. Recomendamos evitar qualquer esforço e baixar a cabeça por pelo menos duas semanas, bem como viagens de avião. Atividades esportivas e de contato devem ser evitadas por 6 semanas.

O QUE POSSO SENTIR E COMO ESTARÁ MINHA APARÊNCIA NOS PRIMEIROS DIAS?
Nos primeiros três dias o inchaço atinge seu ápice, podem aparecer desde a cirurgia manchas arroxeadas, o que irá desaparecer completamente em até duas semanas. Mantenha as compressas geladas nos olhos conforme recomendado. Por esses motivos, não recomendamos análises em frente ao espelho antes da primeira semana de cirurgia. Desconforto, tipo opressão entre os olhos podem surgir, o que irá ceder com o uso de analgésicos prescritos. Lembre-se que, medicamentos que contenham AAS estão terminantemente contra indicados sob risco de sangramentos de difícil controle. A sua alimentação deverá ser leve, de fácil mastigação, com alimentos não muito quentes nem muito frios, pois sua sensibilidade estará alterada sobretudo no lábio superior, bem como sua mobilidade deve limitar-se para evitar edemas. Pode haver uma diminuição do olfato nas primeiras semanas o que deverá retornar naturalmente. É perfeitamente natural a descarga de secreção sanguinolenta pelo nariz ou saliva com raias de sangue, principalmente nos primeiros dias ao se alimentar ou após algum esforço mesmo que mínimo. Após a retirada do gesso plástico, poderá haver a necessidade de novo curativo com micropore para conter o inchaço. É natural nas primeiras semanas o nariz inchar de maneira assimétrica, o que pode dar a sensação de irregularidades sombras ou desvios, o seu cirurgião irá reconhecer alterações caso elas ocorram. Durante esse período é permitido o uso de maquiagem tipo base com filtro solar. Congestão nasal é muito frequente e poderá manter-se mesmo em menor grau por algumas semanas.

QUANDO POSSO REASSUMIR MINHAS ATIVIDADES USUAIS?
Geralmente você estará de volta ao convívio social em até duas semanas. Entretanto,vale lembrar que o nariz pode se apresentar inchado no final do dia de maneira aleatória. É importante evitar os esforços por 2-3 semanas para evitar sangramentos. Na maioria dos casos, os indivíduos voltam às suas atividades de trabalho em 7 dias, dependendo da sua recuperação e atividade que exerce. Embora você esteja apto(a) a caminhar imediatamente após a cirurgia, recomenda-se a volta às atividades corriqueiras, incluindo exercícios após 3-4 semanas.

O uso de óculos não é recomendado antes de 30 dias. Caso haja não adaptação a lentes de contato consulte seu cirurgião para projetar uma alternativa. Seu nariz estará sensível à exposição solar por pelo menos 60 dias, por isso evite a exposição, mesmo que indireta. Recomendamos o uso diário de bloqueadores solares por pelo menos 90 dias, antes disso, métodos de barreira como chapéus e barracas são mandatórios.

RESULTADO DE SUA CIRURGIA
Uma vez que o processo de recuperação cicatricial é um processo gradual e que pode variar entre indivíduos, o resultado definitivo pode ser vislumbrado dentro de alguns meses. Você já poderá ter uma boa idéia do seu resultado usualmente em duas semanas. O inchaço, entretanto, pode permanecer por até 6 meses. Recomendamos as fotos de registro pós-operatório após 90 dias, podendo ser solicitadas em período maior ou menor em alguns casos. Com processo de cicatrização completo, o resultado pode ser considerável como estável entre 12 e 18 meses.

O objetivo da Rinoplastia é permitir a você um resultado satisfatório e natural em harmonia com as demais estruturas da sua unidade estética facial, além de permitir uma adequada função respiratória. Usualmente os resultados são permanentes, exceto pelas possíveis mudanças associadas naturalmente ao envelhecimento.



RECOMENDAÇÕES ÚTEIS PARA SUA CIRURGIA:


SUSPENDER O USO DE ASPIRINA® OU PRODUTOS QUE CONTENHA AAS-ACIDO ACETIL SALICÍLICO- DESCONGESTIONANTES, ANTI-GRIPAIS, IBUPROFENO POR DUAS SEMANAS ANTES E DEPOIS DE SEU PROCEDIMENTO. Esses medicamentos alteram a viscosidade do sangue podendo levar a transtornos da coagulação sanguínea aumentando o risco de hemorragias de difícil controle, hematomas e grandes equimoses. Em caso de dor ou febre nesse período por favor comunique o Cirurgião e recomenda-se utilizar medicamentos que contenham Dipirona ou Acetaminofeno como NovalginaI® e/ou Tylenol®.

EVITE FUMAR pelo menos por duas semanas antes da sua cirurgia. O Fumo promove o colapso dos vasos capilares da micro circulação e prejudica o processo de Cicatrização.

EVITE O USO DE ÁLCOOL pelo menos 10 a 14 dias antes e depois da cirurgia. O Álcool sobrecarrega o sistema Hepático, sistema responsável pela metabolização de quase todas as drogas utilizadas na sua anestesia.

DIMINUA A SUA INGESTA DE SAL no pós-operatório, limite ao máximo de 2g/dia. Isso irá ajudar a diminuir o edema após sua cirurgia.

BEBA MUITA ÁGUA, isso irá ajudar na eliminação das toxinas do processo inflamatório.

SUSPENDA O USO DE VITAMINAS, FITOTERÁPICOS E OS SUPLEMENTOS ALIMENTARES, por pelo menos 2 semanas antes da sua cirurgia. Essas substâncias podem alterar os resultados de exames importantes na sua avaliação pré-Operatória ou levar a alterações da coagulação sanguínea.

SIGA EXTRITAMENTE AS ORIENTAÇÕES PRESCRITAS PELO SEU CIRURGIÃO ANTES E DEPOIS DA SUA CIRURGIA, ISSO VAI PERMITIR QUE VOCÊ TENHA UMA EVOLUÇÃO FAVORÁVEL. TENHA SEMPRE UM ACOMPANHANTE MAIOR DE IDADE E CAPAZ, QUE VOCÊ POSSA CONTAR PARA LHE ASSISTIR EM SUAS NECESSIDADES NOS PRIMEIROS DIAS APÓS SUA CIRURGIA.

www.cfm.org.br

Links úteis:
www.cirurgiaplastica.org.br