RINOPLASTIA SECUNDÁRIA

Rinoplastia Secundária é a cirurgia que se destina aos pacientes que já tiveram o nariz operado e, por alguma razão, não obtiveram o resultado estético ou funcional desejado. A Rinoplastia é um procedimento complexo que requer por parte do cirurgião treinamento, experiência e qualificação adequados para a sua condução.

Uma avaliação meticulosa, estudo aprofundado da dinâmica da função nasal e um perfeito entendimento dos objetivos do paciente são fatores importantes para o sucesso da Rinoplastia. Por se tratar de uma estrutura dinâmica e extremamente funcional, o nariz operado pode apresentar com o tempo alterações estéticas e funcionais pelo processo cicatricial. Inicialmente, pode haver alguma satisfação com os resultados alcançados com a Rinoplastia Primária, entretanto, o processo cicatricial pode levar as distorções da forma do nariz ou a condições que evoluem para uma má função respiratória do nariz.



Desc da IMG É importante salientar que a Rinoplastia Secundária, somente deve ser indicada, quando há um real prejuízo estético ou quando há obstrução nasal após a primeira cirurgia. Usualmente, é um procedimento mais complexo que demanda a utilização de enxertos de cartilagem (Orelha ou Cartilagem Costal) para reconstruir a estrutura nasal. São cirurgias mais longas que demandam um conhecimento específico e experiência por parte do cirurgião para a solução dos problemas que se apresentam. As motivações para a cirurgia devem ser claramente apresentadas e discutidas com o seu cirurgião, assim como as soluções apresentadas devem estar muito bem entendidas por parte do paciente.

Existem alguns aspectos psicológicos que devemos identificar em reduzido número de pacientes que apresentam DISMORFIA. Esses pacientes tendem a solicitar inúmeros procedimentos sobre o nariz que dificilmente o cirurgião poderá atingir o resultado esperado pelo paciente. Nestes casos há necessidade de acompanhamento e tratamento psiquiátrico com apoio psicológico.

Nos melhores centros de Rinoplastia do mundo é descrito uma incidência de 5 a 15% de reoperações. Caso você tenha sido operado(a) previamente e apresente sintomas de obstrução nasal ou o resultado estético não foi o esperado, você poderá ser candidato a uma Rinoplastia Secundária.

Para ver mais, acesse RINOPLASTIA.

RECOMENDAÇÕES ÚTEIS PARA SUA CIRURGIA:
Desc da IMG

SUSPENDER O USO DE ASPIRINA® OU PRODUTOS QUE CONTENHA AAS-ACIDO ACETIL SALICÍLICO- DESCONGESTIONANTES, ANTI-GRIPAIS, IBUPROFENO POR DUAS SEMANAS ANTES E DEPOIS DE SEU PROCEDIMENTO. Esses medicamentos alteram a viscosidade do sangue podendo levar a transtornos da coagulação sanguínea aumentando o risco de hemorragias de difícil controle, hematomas e grandes equimoses. Em caso de dor ou febre nesse período por favor comunique o Cirurgião e recomenda-se utilizar medicamentos que contenham Dipirona ou Acetaminofeno como NovalginaI® e/ou Tylenol®.

EVITE FUMAR pelo menos por duas semanas antes da sua cirurgia. O Fumo promove o colapso dos vasos capilares da micro circulação e prejudica o processo de Cicatrização.

EVITE O USO DE ÁLCOOL pelo menos 10 a 14 dias antes e depois da cirurgia. O Álcool sobrecarrega o sistema Hepático, sistema responsável pela metabolização de quase todas as drogas utilizadas na sua anestesia.

DIMINUA A SUA INGESTA DE SAL no pós-operatório, limite ao máximo de 2g/dia. Isso irá ajudar a diminuir o edema após sua cirurgia.

BEBA MUITA ÁGUA, isso irá ajudar na eliminação das toxinas do processo inflamatório.

SUSPENDA O USO DE VITAMINAS, FITOTERÁPICOS E OS SUPLEMENTOS ALIMENTARES, por pelo menos 2 semanas antes da sua cirurgia. Essas substâncias podem alterar os resultados de exames importantes na sua avaliação pré-Operatória ou levar a alterações da coagulação sanguínea.

SIGA EXTRITAMENTE AS ORIENTAÇÕES PRESCRITAS PELO SEU CIRURGIÃO ANTES E DEPOIS DA SUA CIRURGIA, ISSO VAI PERMITIR QUE VOCÊ TENHA UMA EVOLUÇÃO FAVORÁVEL. TENHA SEMPRE UM ACOMPANHANTE MAIOR DE IDADE E CAPAZ, QUE VOCÊ POSSA CONTAR PARA LHE ASSISTIR EM SUAS NECESSIDADES NOS PRIMEIROS DIAS APÓS SUA CIRURGIA.

www.cfm.org.br

Links úteis:
www.cirurgiaplastica.org.br