PERGUNTAS FREQUENTES

CIRURGIA DAS MAMAS

1) Quando é indicada a mamoplastia?
A MAMOPLASTIA ou MASTOPEXIA (Levantamento das mamas) é a cirurgia indicada para corrigir o volume e/ou a estética das mamas ( relação CONTEÚDO X CONTINENTE – Glândula e Gordura X Pele) promovendo um melhor equilíbrio do Contorno Corporal. É possível reduzir o volume das mamas quando necessário, reduzir o tamanho das aréolas e corrigir as diferenças da forma e volume das mamas.

2) A Mamoplastia deixa cicatrizes visíveis?
Sim. Como toda cirurgia plástica, a MAMOPLASTIA deixa cicatrizes. Porém as cicatrizes são colocadas de maneira que fiquem situadas em áreas, que quando a cicatriz atinja a sua fase de maturação, o menos perceptível. O tipo de cicatriz de MAMOPLASTIA será decidida pelo Cirurgião mas, via de regra, ela é tanto maior quanto o excesso de pele (flacidez) . Desta forma, a cicatriz pode ser em "T INCERTIDO”, VERTICAL ou PERIAREOLAR.

3) As cicatrizes podem ficar altas, grossas?
Por questões genéticas, algumas pacientes podem apresentar tendência à CICATRIZAÇÃO HIPERTRÓFICA OU AO QUELÓIDE. Esta propenção é normalmente identificada na consulta e durante o exame físico. Não Obstante o risco há meios de minimizar a possibilidade de cicatrizes Hipertróficas e/ou Quelóides. Há uma Grande confusão entre CICATRIZ HIPERTRÓFICA E QUELÓIDES. Em termos práticos a Cicatriz Hipertrófica é uma alteração que pode ser evitada através das medidas e técnicas que são aplicadas naturalmente durante o procedimento. Já o Quelóide é uma condição patológica que ocorre independente de todas as medidas e técnicas aplicadas a fim de se atingir uma cicatriz de melhor qualidade.

4) Existe correção para as cicatrizes Hipertróficas e Quelóide?
A melhor maneira de se corrigir as cicatrizes inestéticas é o acompanhamento estreito no pós-operatório. Existem inúmeras medidas a serem tomadas. Aplicação de pomadas, cremes, injeções, curativos de silicone, betaterapia e etc. O comparecimento as consultas de revisão são de fundamental importância para o cirurgião acompanhar a cicatrização e interferir no momento certo, nos casos de tendência à cicatriz hipertrófica e quelóide.

5) Quando é o Resultado Definitivo da Mamoplastia?
Imediatamente após a sua cirurgia é possível se ver uma mudança significativa entretanto, somente entre o 6o e 12º mês é que as mamas atingirão sua forma definitiva e a cicatriz estará considerada madura.

6) O que posso esperar da consistência e do tamanho das Mamas?
A cirurgia das Mamas tem por objetivo o melhor ajuste do conteúdo(Glândula e Gordura) e do continente (Pele). Esse ajuste promove uma sensação de enrigecimento das mamas contudo, as características do tecido mamário não são modificadas. As mamas podem ser reduzidas através da mamoplastia redutora, além disso sua consistência e forma também são melhoradas através do ajuste do excesso de pele mas, com o passar do tempo com a diminuição do edema, as mamas podem perder sua consistência. Caso um dos seus objetivos seja melhorar substâncialmente a consistência das mamas, questione ao cirurgião a possibilidade de se utilizar implantes mamários em sua cirurgia. A esta chamamos MASTOPEXIA COM IMPLANTES.

7) O pós-operatório da mamoplastia é doloroso?
A mamoplastia não tem por característica ser uma cirurgia dolorosa. Logicamente, algum desconforto ocorrerá devido, sobretudo ao edema, mas geralmente é bem tolerado e controlado com analgésicos, drenagem linfática e o uso contínuo dos soutiens.

8) No caso de nova gravidez, o resultado será prejudicado?
Sim, pode haver um novo desequilíbrio da relação Conteúdo X Continente uma vez que as mamas se desenvolvem pelo estímulo hormonal e após a lactação, que pode ocorrer, as mamas diminuem seu volume podendo haver novo excesso de pele. Caso isso aconteça haverá uma ptose (queda) da mama que poderá ser corrigida em procedimento futuro.

9) Qual o tipo de anestesia na Mamoplastia?
Temos como rotina a condução de Cirurgia Plástica da Mama sob ANESTESIA GERAL. Os motivos são todos baseados em termos de segurança e conforto para o paciente.

10) Há perigo na Mamoplastia e quais as possíveis complicações?
Todo procedimento cirúrgico apresenta riscos. Como é uma cirurgia eletiva, e portanto programada, há tempo suficiente para se estratificar riscos e tomar medidas para que sejam minimizados, e caso ocorram atuar de maneira precisa para que não ocorram danos. Os problemas mais comumente observados são os inerentes a qualquer procedimento cirúrgico, Hematoma, Seroma, Infecção e Deiscência de Sutura (Abertura de pontos). Essas ocorrências são prontamente identificadas durante as revisões e curativos e todas as medidas necessárias serão tomadas para o pronto re-estabelecimento da normalidade.
Com uma equipe qualificada, aliada a uma estrutura adequada, com os recursos disponíveis, a possibilidade de complicações é bastante diminuída.

11) Quanto tempo, em média, é o tempo cirúrgico para a Mamoplastia?
O tempo médio de uma Mamoplastia é de 3hs contudo o paciente pode permanecer um tempo maior já que há um preparo especial para a cirurgia e a paciente só é liberada para retorno ao quarto após o Anestesista verificar que a paciente reassumiu todos os reflexos e atingiu nível de consciência satisfatório. Alem disso é rotina mantermos oxigênio terapia e monitorização por 1 a 2hs após o término do procedimento.

12) Qual o tempo de internação da mamoplastia?
Geralmente 24 horas.

13) São utilizados curativos depois da mamoplastia?
Sim, nas primeiras 48hs os curativos não são mobilizados. A primeira revisão será programada após dois dias onde as fitas microporosas serão trocadas e serão programados novas revisões semanais.

14) Quando são retirados os pontos de uma mamoplastia?
A maioria dos pontos são internos e não precisam ser retirados. Os poucos pontes externos são retirados em torno do sétimo ao décimo quinto dia, sem maiores incômodos.

15) Quando tomarei banho depois da mamoplastia?
Até 48hs, a base da ferida operatória não está empermeável. Por esta razão realizamos a primeira troca de fitas no fim deste período. Após 72hs você poderá molhar completamente os curativos durante o banho.

16) Quando poderei retornar a minha atividade física?
Depois de 30 dias pode fazer caminhadas leves. Exercícios mais pesados, somente após 60 dias.

17) Poderei dirigir quando?
Recomendamos não dirigir antes de 40 dias pela possibilidade de eventuais complicações com as feridas cirúrgicas.

18) É possível associar a mamoplastia a outras cirurgias plásticas?
Sim. É muito frequente a associação da mamoplastia à abdominoplastia no chamado MOMMY MAKEOVER. Outras cirurgias plásticas, como lipoaspiração entre outras costumam ser associadas. A possibilidade da associação dependerá do quadro clinico, exames e fatores de risco da paciente.