OLHOS / PALPEBRAS
BLEFAROPLASTIA - CIRURGIA PARA TRATAMENTO DAS PÁLPEBRAS

O que é Blefaroplastia?
Blefaroplastia é a cirurgia que trata da região das pálpebras superiores e inferiores através da retirada do excesso de pele e bolsas de gordura, além do reposicionamento de estruturas que sofreram alterações pelo processo de envelhecimento. A região dos olhos apresenta grande particularidade devido a complexidade e delicadeza das estruturas envolvidas. O rejuvenescimento desta unidade estética confere grande sensação de jovialidade. Usualmente é um dos passos constituintes do Lifting Facial (Cirurgia das Rugas Faciais) embora possa ser realizado isoladamente ou associado com outras cirurgias como Nariz, Lipoaspiração e etc.

Preparo e cuidados pré-operatórios:
Durante sua consulta, exponha de maneira clara e objetiva todas as suas queixas quanto a região ao redor dos olhos. Muitos pacientes procuram o cirurgião por descontentamento com a região dos olhos, porém apresentam indicação de tratamento de toda a unidade estética facial. Nesses casos a Blefaroplastia poderá ser indicada isoladamente ou como parte constituinte da cirurgia para o Rejuvenescimento Facial. A blefaroplastia isoladamente tem uma recuperação mais rápida que a cirurgia de Rejuvenescimento Facial.

Seu estado geral de saúde será investigado como o uso de medicamentos, patologias pregressas ou em tratamento, alergias e etc. Importante lembrar que alguns medicamentos e substâncias (fitoterápicos, homeopatia, vitaminas e complementos alimentares) podem alterar sua coagulação sanguínea e outros sistemas orgânicos importantes para o bom andamento da sua cirurgia. Serão solicitados exames pré-operatórios e você será encaminhado(a) ao cardiologista para determinar o risco cirúrgico além de fotografias pré-operatórias que fazem parte do seu prontuário médico.

Qual a Modalidade Anestésica para Blefaroplastia?
Desde que a sua avaliação clínica permita, você poderá ser submetido a Blefaroplastia sob anestesia local e sedação ou sob anestesia geral. Isso pode ser combinado com o Anestesista durante a visita pré-anestésica, no dia da sua cirurgia.

É necessário internação?
Sim, realizamos todos nossos procedimentos em ambiente com estrutura hospitalar e internamos, embora possam ter alta no mesmo dia, na maioria das vezes.

A cirurgia:
Para tratamento das pálpebras superiores as cicatrizes são posicionadas no sulco dos olhos, entre a margem inferior da pálpebra superior e o supercílio, de maneira que fiquem inaparentes com o paciente com os olhos abertos no pós-operatório. O excesso de pele é dimensionado e retirado. Procedemos o tratamento e remoção, se necessário das bolsas de gordura, e do excesso de músculo quando presente. As pálpebras inferiores são abordadas através de incisão junto a margem dos cílios, elevamos o excesso de pele, abordamos as bolsas de gordura deste compartimento e procedemos o reforço na sustentação do ligamento lateral do olho, que sustenta a margem da pálpebra inferior com pontos de fixação - este procedimento nominamos Cantopexia. Os excessos são removidos e as estruturas reacomodadas. As cicatrizes, em condições normais, ficam postadas de maneira a que ficam muito bem camufladas com as dobras e sulcos naturais dos olhos e praticamente imperceptíveis. O tempo de cirurgia é de mais ou menos 2 horas.

Como será a recuperação e os cuidados pós-operatórios?

A recuperação usualmente é muito boa e rápida. É recomendável o uso de compressas geladas nos olhos de maneira freqüente nos primeiros dias após a cirurgia. Muito importante ter cuidado com a lubrificação constante dos olhos através de colírios e pomadas oftálmicas que lhe serão prescritos.

A Blefaroplastia é normalmente indolor e caso haja desconforto ou ardência sustentados pode significar que seu olho esteja pouco lubrificado ou tenha uma irritação na córnea por mal posicionamento das compressas. Caso isso aconteça, comunique prontamente o seu cirurgião que irá tomar as medidas necessárias. Desc da IMG

Retiramos os pontos, na primeira revisão, cerca de dois dias após a cirurgia. Serão programadas revisões a cada sete dias. O inchaço normalmente diminui consideravelmente em sete dias, porém, manchas arroxeadas podem permanecer por até três semanas. Neste período, deve se evitar exposição solar mesmo indireta, sob o risco de pigmentação permanente dessa região em que a pele é muito fina e delicada. Para evitar esses problemas é fundamental proteção de barreira solar por pelo menos 30 dias após a cirurgia. Como medida auxiliar na sua recuperação, a drenagem linfática facial poderá ser indicada e alivia muito os sintomas e o inchaço. Podem haver, por edema residual, pequenas diferenças de uma vista para outra, mas isso cede ao longo da reabsorção dos edemas. Normalmente em sete dias, os pacientes reassumem suas atividades com algumas restrições. As cicatrizes dessa região normalmente amadurecem mais rápido que em outras áreas e em torno de 30 dias já estão em muito boas condições. Portanto, siga estritamente o que lhe será recomendado, a fim de passar por um bom período pós-operatório.



Quando poderei considerar o resultado definitivo?
Apesar de normalmente ocorrer uma mudança significativa na região dos olhos e na expressão facial em até 30 dias, o processo de recuperação e resolução dos edemas e maturação das cicatrizes podem levar seis meses para se completarem. A partir desse tempo podemos considerar completa a recuperação.


RECOMENDAÇÕES ÚTEIS PARA SUA CIRURGIA:
Desc da IMG

SUSPENDER O USO DE ASPIRINA® OU PRODUTOS QUE CONTENHA AAS-ACIDO ACETIL SALICÍLICO- DESCONGESTIONANTES, ANTI-GRIPAIS, IBUPROFENO POR DUAS SEMANAS ANTES E DEPOIS DE SEU PROCEDIMENTO. Esses medicamentos alteram a viscosidade do sangue podendo levar a transtornos da coagulação sanguínea aumentando o risco de hemorragias de difícil controle, hematomas e grandes equimoses. Em caso de dor ou febre nesse período por favor comunique o Cirurgião e recomenda-se utilizar medicamentos que contenham Dipirona ou Acetaminofeno como NovalginaI® e/ou Tylenol®.

EVITE FUMAR pelo menos por duas semanas antes da sua cirurgia. O Fumo promove o colapso dos vasos capilares da micro circulação e prejudica o processo de Cicatrização.

EVITE O USO DE ÁLCOOL pelo menos 10 a 14 dias antes e depois da cirurgia. O Álcool sobrecarrega o sistema Hepático, sistema responsável pela metabolização de quase todas as drogas utilizadas na sua anestesia.

DIMINUA A SUA INGESTA DE SAL no pós-operatório, limite ao máximo de 2g/dia. Isso irá ajudar a diminuir o edema após sua cirurgia.

BEBA MUITA ÁGUA, isso irá ajudar na eliminação das toxinas do processo inflamatório.

SUSPENDA O USO DE VITAMINAS, FITOTERÁPICOS E OS SUPLEMENTOS ALIMENTARES, por pelo menos 2 semanas antes da sua cirurgia. Essas substâncias podem alterar os resultados de exames importantes na sua avaliação pré-Operatória ou levar a alterações da coagulação sanguínea.

SIGA EXTRITAMENTE AS ORIENTAÇÕES PRESCRITAS PELO SEU CIRURGIÃO ANTES E DEPOIS DA SUA CIRURGIA, ISSO VAI PERMITIR QUE VOCÊ TENHA UMA EVOLUÇÃO FAVORÁVEL. TENHA SEMPRE UM ACOMPANHANTE MAIOR DE IDADE E CAPAZ, QUE VOCÊ POSSA CONTAR PARA LHE ASSISTIR EM SUAS NECESSIDADES NOS PRIMEIROS DIAS APÓS SUA CIRURGIA.

www.cfm.org.br

Links úteis:
www.cirurgiaplastica.org.br